Início » Entenda » Melhores livros do ano sobre missões

Melhores livros do ano sobre missões

A revista Christianity Today elegeu os melhores livros sobre missões de 2017 cujos temas centrais foram globalização, pobreza e reconciliação.

engaging

Veterano da Visão Mundial, Bryant L. Myers é o autor do livro que lidera a lista dos premiados da revista, cujo título, em tradução livre, é Participando da Globalização: os pobres, a missão cristã e o nosso mundo hiperconectado (Engaging Globalization: The Poor, Christian Mission, and Our Hyperconnected World, no original).

“A globalização está acelerando o nosso mundo, expandindo globalmente nossos relacionamentos e nos aproximando de maneiras positivas e outras não tão positivas. Enquanto isso, a igreja e muitos Cristãos continuam amplamente ignorantes do seu poder de sedução, o que resulta numa visão fracassada de missão no mundo de hoje”, descreve o site Amazon na apresentação do livro.

Lentes teológicas

“O tema da globalização é complicado. Myers transforma conceitos densos em algo relativamente mais palatável aos seus leitores e oferece as lentes teológicas através das quais podem observar os assuntos em questão. O autor se preocupa mais com o embate da globalização com os pobres e com a missão cristã”, afirma Stephen Offutt, professor associado do Asbury Theological Seminary, na entrevista que concedeu a Christianity Today.

“Uma das lições mais úteis que Myers nos fornece é sobre o papel que cada indivíduo deve ter numa sociedade globalizada e como nós não podemos perder de vista o Deus Todo Poderoso, que está acima, além e também no meio de toda a globalização”, escreve Offutt.

Tratando desavenças

Jon Huckins e Jer Swigart escreveram o livro sobre missões que aparece em segundo lugar na lista da Christianity Today. O livro se chama, em tradução livre, «Tratando as Desavenças: amor criativo num mundo em conflito» (em inglês, Mending the Divides: Creative love in a Conflicted World).

“Uma das tarefas mais desafiadoras para a igreja nas próximas décadas será o trabalho de reconciliação e de construção da paz, de aprender com e amar o próximo que é, muitas vezes, bastante diferente dela. Tomando por base a parábola do Bom Samaritano, Huckins e Swigart escreveram um manual bem prático em que registram suas ricas experiências de trabalho pela construção da paz em diversos contextos, desde local até global”, opina Jenny Yang, vice-presidente sênior da World Relief, para a Christianity Today.

Você pode encontrar a lista completa dos melhores livros na opinião da Christianity Today aqui.

Autor: Steinar Opeheim

Tradução: Ludhiana Sales e Silva

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s