Pentecostes para os não alcançados

Uma parceria voltada aos grupos de pessoas não alcançadas tornará o dia de Pentecostes um dia especial para aqueles que nunca escutaram sobre Jesus.

unreached“O primeiro Pentecostes marcou o momento quando o evangelho começou a se espalhar para os cantos mais longínquos da terra. Imagine um movimento renovado de crentes alcançando para Cristo os confins mais inacessíveis da terra até que todos tenham ouvido a única mensagem que pode dar esperança permanente”, Leia mais

Neemias, Um missionário empreendedor.

muro

A história de como Neemias ajudou seu povo a reconstruir o muro de Jerusalém é fonte de inspiração para profissionais e líderes cristãos em todas as áreas. Dentro deste contexto, cada vez mais missionários que seguem o modelo de Neemias tem transformado sociedades.

Neemias foi despertado para o problema de seu povo de uma forma singela. Seu irmão trouxe notícias que abalaram seu coração (Ne 1:2-3). Ele foi profundamente tocado ao saber da miséria que seu povo vivia e como consequência ele chorou e buscou ao Senhor em oração (Ne 1:4).

Após este breve período de reflexão e clamor, Neemias criou um pré-projeto e o levou ao rei. Este não apenas aceitou a proposta de trabalho como também se tornou um mantenedor da empreitada (Ne 2:1-8). Então, com um pré-projeto em mãos e os recursos financeiros necessários, Ele saiu em viagem rumo a seu campo missionário. E foi justamente em sua chegada que se observa o modelo de liderança que marcou a vida de Neemias e que deve ser estudado e aplicado hoje por todo aquele que quer empreender para o engrandecimento do reino e propagação do Evangelho.

Este modelo, simples porém completo, pode ser visto claramente nos versículos 17 e 18 do segundo capítulo do livro de Neemias.

“Então, lhes disse: Estais vendo a miséria em que estamos, Jerusalém assolada, e as suas portas, queimadas; vinde, pois, reedifiquemos os muros de Jerusalém e deixemos de ser opróbrio. E lhes declarei como a boa mão do meu Deus estivera comigo e também as palavras que o rei me falara. Então, disseram: Disponhamo-nos e edifiquemos. E fortaleceram as mãos para a boa obra.”

Neemias, ao chegar em Jerusalém, foi logo fazer uma avaliação pessoal da situação. Esta avaliação o levou diretamente para a ação, pois prontamente ele conclamou o povo a trabalhar na reconstrução dos muros com o objetivo de que o povo de Deus deixasse de ser envergonhado diante das outras nações. Ao apresentar esta análise e chamar o povo ao trabalho apresentando-lhes sua visão e a forma como Deus vinha direcionando o seu próprio coração, Neemias motivou o povo a se engajar e executar o trabalho. Ao final de 52 dias, mesmo enfrentado diversas tribulações, o muro estava reconstruído e deste ponto em diante o relato de Neemias mostra que se seguiu todo um trabalho de restauração espiritual do povo que ali vivia e que, mesmo dentro de um contexto de dominação, representava o povo de Deus na terra.

Dentro do cenário político-econômico da atualidade, onde tantas guerras, miséria e repressão tem assolado o povo de Deus, noticias como as relativas a perseguição de cristãos deveriam abalar o coração de seus irmãos, como ocorreu com Neemias. Muitas ONGs e agências missionarias estão ávidas por apoiar pessoas que querem abençoar o que hoje se conhece como a Igreja Sofredora. Mas aplicar este modelo requer preparo, perseverança e iniciativa. Muitos tem conseguido, mas estes ainda são poucos perto do tamanho do sofrimento que a igreja cristã tem vivido.

O mundo hoje, precisa de mais homens e mulheres que como Neemias empreenderão projetos de socorro e transformação da sociedade, os quais resultarão na reaproximação do povo com o Deus verdadeiro.

Autor: Gustavo Borges
 É diretor da tent Internacional no Brasil
e editor do site fazendotendas.org.

Como orar pelo meu amigo não cristão

Young woman reading bible

“Irmãos, o desejo do meu coração e a minha oração a Deus (…) é que eles sejam salvos”. Romanos 10:1.

 

  1. Senhor, abre os olhos espirituais e tira toda a cegueira (2 Coríntios 4:4).
  2. Move as circunstâncias, conduzindo ao arrependimento (2 Coríntios 7:9,10, Hebreus 12:11 e Tiago 4:9).
  3. Usa outros amigos, colegas e familiares com um testemunho impactante (João 4:29 e 39-42).
  4. Quebra barreiras intelectuais, emocionais e preconceitos (Atos 17:34).
  5. Quebra barreiras espirituais e religiosas (Atos 9:1-19).
  6. Gera uma sede profunda de Deus e a percepção de seu vazio interior (João 4:13-15).
  7. Conduz esta pessoa a um desapontamento com o sistema de crenças e valores atuais (1Reis 18:26).
  8. Dá-me ousadia e me faz amar esta pessoa da forma que o Senhor a ama (Efésios 6:20 e 1 João 3:16).
  9. Mostra-me a melhor estratégia para abordar esta pessoa e compartilhar o Evangelho (Tiago 1:5 e Colossenses 4:5,6).
Autor: Mocidade para Cristo - Brasil
mpc.org.br

8 maneiras de viver missionalmente no trabalho

mulheres-conversando-escritorio-45141Para ser honesta com você, estou lutando para descobrir como colocar isso no papel… Nos últimos meses, o Senhor trabalhou de um jeito tão inacreditável que tudo o que consigo pensar em fazer para descrever isso é pular para cima e para baixo de alegria, gritando “Jesus é tão LEGAL! Leia mais