Mas Paulo realmente fez muitas tendas?

Sim. 1 Coríntios 9 torna isto bem claro. Primeiro, Paulo defende o apoio da igreja e de doadores e afirma o seu direito de tê-lo, como um apóstolo. Mas então ele diz três vezes que ele nunca fez qualquer uso dele. Sua equipe sempre apoiou a si mesma – e não era um mero emprego de fachada. Eles muitas vezes trabalhavam em dois turnos e não tinham alimentação e vestuário adequados. Sabemos que isso era um padrão ao longo de sua carreira porque esta declaração vem perto do final de sua terceira viagem missionária.

globalopps.org

Porquê missionários auto-sustentados são chamados de Fazedores de Tenda?

ida e voltaO termo Fazedor de Tendas é baseado no texto de Atos 18:1-4:

“Depois disto, deixando Paulo Atenas, partiu para Corinto. Lá, encontrou certo judeu chamado Áqüila, natural do Ponto, recentemente chegado da Itália, com Priscila, sua mulher, em vista de ter Cláudio decretado que todos os judeus se retirassem de Roma. Paulo aproximou- se deles. E, posto que eram do mesmo ofício, passou a morar com eles e ali trabalhava, pois a profissão deles era fazer tendas. E todos os sábados discorria na sinagoga, persuadindo tanto judeus como gregos.”

Atualmente este já é um termo missiológico que representa o modelo de estratégia que Paulo usou para se sustentar e ter contato com os não cristãos durante seu ministério.